terça-feira, 1 de novembro de 2016

Lima - Inspira Pela Culinária E Pela Religião ...

Museo Larco

Museo Larco
Shopping Larcomar  debruçado sobre o Pacífico
Parque Reducto 2
Shopping Larcomar sobre as falésias em Miraflores
Centro Histórico
Plaza San Martín
Plaza das Armas
Catedral de Lima
Balcões Mouriscos
Malecon de La Reserva
Bairro de Miraflores sobre o Pacífico
Museo Larco
Casa da Gastronomia Peruana

Palacio del Gobierno

Malecon de La Reserva no Bairro de Miraflores
Iglesia de la Merced - (1541)
Vista do Pacífico
Parque Reducto 2
Café del Museo


     Lima é uma grande metrópole,erguida sobre uma longa costa de falésias,na
   arrebentação do Pacífico,ruidosos engarrafamentos e prédios  residenciais na
   mesma vizinhança de templos pré-colombianos.Mas ela também é sofisticada
   com uma civilização de origem milenar.Museus imponentes;galerias de arte de
   vanguarda;procissões religiosas que percorrem suas ruas desde o século 18;
   casa noturnas. Uma culinária construída há  mais de 400 anos.Lima é assim,
   envolta em muita história e prazeres estéticos. De abril a outubro você a
   encontrará encoberta por um nevoeiro conhecido como garúa. Uma implacável
   neblina que envolve a cidade dia após dia.Esse micro-clima sobrenatural tem
   sido fonte de muita inspiração literária. A menção mais   famosa dessa névoa
   está em Moby Dick,de Herman Melville,que visitou Lima  no século 19. É
   "a cidade mais estranha e mais triste que se pode ver",escreveu ele.Inúmeros
    escritores peruanos escreveram sobre a garúa,incluíndo Mário Vargas Llosa,
    premio Nobel de literatura em 2010,entre outros.
        Francisco Pizarro fundou a capital do império andino num porto da costa em
   pleno verão e provavelmente não sabia da constante neblina. Mas, Lima nos cativa
   com seu povo  hospitaleiro,pela linda cidade sobre as falésias e a sua culinária.A
   capital está repleta de opções  que vão do carrinho de rua a uma cozinha requintada.
   Os pratos são uma  fusão complexa das influências espanholas,indígenas,africanas
   e asiáticas(chinesa e japonesa).Por isso que algumas revistas apresentam Lima
   como"a próxima grande cidade  gastronômica".
        Não deixe de visitar o Museo Larco,numa mansão do séc.18,com uma das
    maiores coleção de cerâmicas de Lima. Foi fundada por Rafael Larco Hoyle em
    1926,colecionador e catalogador de tudo que é pré-colombiano. E, tomar um café
    ou almoçar  no Café del Museo ,voltado para um jardim íntimo de primaveras ,
    perfeito para um  ceviche e depois caminhar apreciando os incríveis jardins!
        Ficou a certeza de que voltaremos,o Peru é impactante e há muita coisa para
    se conhecer.
























Nenhum comentário:

Postar um comentário